Televendas - 85 3467.0786

Dicas – Cutelaria


O QUE É CUTELARIA

Se você não sabe o que exatamente significa cutelaria, não se assuste. Uma legião de brasileiros ainda desconhece a palavra. Apesar de o termo cutelaria ser pouco utilizado, ele começa a aparecer com maior freqüência, inclusive fora dos círculos especializados. Resumindo, cutelaria é a arte de fabricar instrumentos de corte. A palavra cutelo – instrumento cortante semicircular de ferro – vem do latim cultellu (faquinha), de onde provém também a palavra cutela, faca larga para cortar carne.

Como conservar e afiar peças de cutelaria

Toda a peça de cutelaria requer cuidados especiais para apresentação, manutenção e conservação. A afiação adequada, além de facilitar as tarefas, prolonga a vida útil do utensílio.

Vamos nesta primeira etapa, dividir em três pontos básicos os materiais empregados na confecção dessas peças:

1) Ligas Rostfrei

2) Aço inox

3) Aço carbono

Ligas Rostfrei

São ligas com alto teor de cromo utilizadas na confecção de facas e outros materiais de corte. Apresentam alta resistência a corrosão, sendo necessários apenas lavá-las e secá-las sempre que utilizadas. Ao lavar qualquer faca polida não use palha e esfregão de aço, nem mesmo o lado abrasivo das esponjas, estes arranharão as peças.

Aço Inox

Utilizados em larga escala desde 1.904, requer cuidados especiais, embora apresente resistência a oxidação. Lembre-se, inox puro não tempera, há adição de carbono nas lâminas, o que torna necessário mantê-las limpas, secas e guardadas em locais adequadas, livres de umidade. Cuidado com as marcas dos dedos nas lâminas, estes contém sal e gordura e podem oxidar os materiais. Use bainha de couro de boa qualidade.

Aço Carbono

É o aço utilizado na produção de facas, facões e cutelos destinados a serviços pesados. Detém a preferência do homem do campo e de outros profissionais que necessitam de um produto robusto de alta resistência a impactos. Mas requerem cuidados especiais de manutenção e guarda. Neste caso nossas dicas já começam pelas bainhas que deverão ser confeccionadas com couros de boa qualidade, preferencialmente curtidos a cromo que neutralizam totalmente o sal. Essas peças deverão ser guardadas em bainhas, caixas ou estojos ou oxidarão expostas ao oxigênio e a umidade do ar.

Para peças usadas exporadicamente recomendamos, após lavadas e secas, untá-las com camada fina e uniforme de vaselina líquida, após esse procedimento deverão ser enroladas em pvc filme e colocadas nas bainhas. Convém verificar que marcas de dedos tenham sido removidas das lâminas e o pvc não tenha rompido ao colocá-las nas bainhas.


AFIAÇÃO

Adquira suas peças de cutelarias já afiladas e afiadas, manter o fio é fácil o difícil é fazê-lo! Para melhor orientá-los, começaremos pelo que não deve ser feito:

a) Jamais confie suas peças a quem afia com esmeril elétrico.
b) Nunca use lima ou pedra muito abrasiva.
c) Nunca deixe o fio engrossar demais, afie antes.
Algumas dicas para conservação de fios e afiações.
Use preferencialmente o amolador Nautika pelos dois lados, atritando com leve pressão, sempre no sentido da guarda para a ponta.
O ângulo de afiação depende do tipo de afilamento das facas e a sua verificação é visual, pois somente com o ângulo correto é possível afiar. Quando confiadas a profissionais que afiem com utilização de lixas cinta, que é o método mais indicado, solicite para suas facas o emprego de grana fina, no mínimo 300, o fio já sairá polido.

Leave a Reply